quinta-feira, setembro 16, 2021

Os fãs de Britney Spears a incentivam a ‘fazer um acordo pré-nupcial’ – e o noivo Sam Asghari responde

O noivado de Britney Spears com Sam Asghari deixou seus fãs preocupados pedindo-lhe para "assinar um acordo pré-nupcial" - e seu futuro marido...
More

    Últimos Posts

    Esta base exata foi a chave para o Met Gala Glam de Billie Eilish

    A Us Weekly tem parcerias com afiliados, portanto, podemos receber uma compensação por alguns links para produtos e serviços. Ainda estamos absolutamente recuperando a...

    Ed Sheeran é sincero sobre os programas de premiação dos EUA: ‘Cheio de ressentimento e ódio’

    Ed Sheeran pesou sobre a realidade dos programas de premiação.Depois de sua aparição no 2021 MTV VMAs, o cantor de 'Bad Habits',...

    Como Davina Bennett passou de rainha da beleza jamaicana a protagonista de Maluma


    Fonte da imagem: Tes

    Quando você ouve o nome Davina Bennett, provavelmente pensa em Miss Universo. A Miss Jamaica, de 24 anos, fez história em 2017 como a primeira mulher negra a ser coroada como uma das três finalistas como a segunda colocada, mas agora ela está fazendo sucesso como protagonista de Maluma. Em 28 de janeiro, Maluma surpreendeu os fãs ao lançar um álbum visual intitulado 7 Días En Jamaica, que estrela Bennett como o interesse amoroso de Maluma. O projeto foi inspirado na recente viagem do superastro colombiano à ilha e combina habilmente o reggae tradicional com o som reggaeton-pop de Maluma. Ele também apresenta colaborações com os artistas jamaicanos Ziggy Marley e Charly Black.

    “Aqueles sete dias na Jamaica chegaram em um momento em que eu precisava escapar e descomprimir, pois havia trabalhado intensamente sem parar em minha carreira por sete anos e estava me perguntando se deveria continuar fazendo música”, disse Maluma Pessoas em um comunicado. “Eu fiz muita busca pela alma lá e voltei uma pessoa diferente, completamente inspirada e tendo percebido que a música não é apenas o que eu faço, é parte de quem eu sou; como eu experimento e interpreto a vida.”

    Embora eu certamente não me importasse de ficar olhando para Maluma o dia todo, Bennett definitivamente roubou o show neste aqui. Em homenagem a sua estreia no videoclipe, conversei com Bennett sobre como o projeto surgiu, como foi trabalhar com Maluma e com quais outras estrelas ela adoraria colaborar no futuro. Ah, e também conversamos sobre Essa cenas de beijo. Confira a entrevista exclusiva da POPSUGAR com a estrela à frente.


    Fonte da imagem: Tes

    POPSUGAR: 2020 foi um ano difícil para muitos de nós, mas você pareceu encerrá-lo com uma nota alta. Em dezembro, você compartilhou um clipe de você e Maluma trabalhando em um projeto juntos, que agora sabemos que foi para seu álbum visual, 7 Días En Jamaica. Como você foi abordado sobre o projeto?

    Davina Bennett: Nardica Phillips, estudamos na mesma escola, e ela agora trabalha na produção na Jamaica. Ela me enviou uma mensagem no Instagram, dizendo: “Davina, há um grande projeto chegando à Jamaica e acho que você seria a pessoa perfeita para esse trabalho. Você estaria interessado?” Eu disse: “Claro.” Ela fica tipo, “Você tem que fazer um teste, mas acho que vai conseguir”. Eu disse: “Tudo bem, sem problemas. Parece bom. Claro, eu gostaria de fazer parte disso.” Eu fiz o teste e consegui o papel e é verdade como é hoje.

    “É uma grande coisa ser simplesmente negra e bonita lá, e eu amo isso.”

    PS: Maluma mencionou que montou o projeto durante uma recente viagem à Jamaica. Todo o álbum visual foi filmado lá? Quais foram alguns dos seus locais favoritos para filmar?

    DB: Nem tudo foi filmado na Jamaica. Nós tínhamos [part of it in] Jamaica e outra que fizemos na Colômbia. Acho que minhas partes favoritas foram – eu diria que definitivamente quando fomos para Portland Parish na Jamaica. Fizemos muitas cenas lá sozinho e com minha equipe, então foi muito legal. Eu definitivamente amei quando estávamos em Cartagena em uma pequena ilha chamada Barú. Foi inacreditável.

    PS: Isso marcou sua primeira vez na Colômbia?

    DB: Sim, era minha primeira vez na Colômbia e, para ser sincero, não sabia que havia tanta diversidade na Colômbia. Eu sei que a beleza negra é apreciada em todos os lugares, mas eles a apreciam muito. Eu estava andando na rua e as pessoas simplesmente se aproximavam de mim, tipo: “Oh, eu amo sua pele. Queremos tirar fotos”. Não porque eles conheçam meu título ou algo assim. Era apenas uma apreciação pela beleza negra. Isso me deu imenso orgulho de ser uma mulher negra da Jamaica. Foi tão refrescante. Eu não acho que já experimentei nada parecido antes, onde as pessoas – elas simplesmente se aproximam de você e é tipo, “Nós amamos seu cabelo, amamos sua pele! Oh meu Deus, temos a mesma pele.” É muito importante ser simplesmente negro e bonito lá, e eu adoro isso.


    Fonte da imagem: Angelo Faccini

    PS: Quem criou o conceito dos vídeos? Você deu alguma contribuição sobre como os visuais surgiram?

    DB: O roteiro já estava escrito antes de eu chegar lá, mas minha entrada veio durante a parte de execução, em termos de direção de como algo iria correr ou como os talentos iriam se apresentar. Eu diria, “OK, isso precisa ser mais jamaicano. Você precisa fazer isso para torná-lo mais jamaicano.” É uma homenagem à minha ilha, a Jamaica, então queríamos ter certeza de que tudo estava correto em termos de retratar o que é nossa cultura.

    PS: Maluma explicou em uma entrevista recente que ele fez um grande exame de consciência quando estava na Jamaica e que voltou se sentindo inspirado, por isso dedicou todo o álbum à ilha caribenha. Como o apreço dele por seu país o faz sentir?

    DB: Faz me sentir bem. A Jamaica tem muito a oferecer e para ver alguém tão grande como ele vir ao nosso país. . . e encontrar a si mesmo ou encontrar outra parte de si mesmo. . . É uma honra ver que pessoas de outras culturas, de outras origens, podem vir à nossa ilha e apreciar sua beleza, nossa cultura, nosso povo, nossa comida e tudo o que existe. É um orgulho maior para mim representar meu país em uma plataforma tão grande. É realmente incrível. Estou muito grato.

    PS: Eu também acho que Maluma agiu da maneira certa. Em vez de se apropriar da cultura, ele permaneceu em seu caminho e permitiu que o povo da Jamaica falasse por si e mostrasse sua própria beleza.

    DB: Sim, estou feliz que eles selecionaram alguém que é jamaicano para fazer esse papel, e não apenas porque sou eu. Eles poderiam ter encontrado qualquer garota negra e dito: “OK, ela vai representar a Jamaica.” De [his team not] dizendo isso e fazendo aquilo, [said], “Ouça, não estamos aqui apenas para pegar sua cultura e ir embora. Não, estamos aqui para torná-lo parte dela. Estamos prestando homenagem a você. Esta é uma homenagem a você e ao seu país . ” Essa foi uma parte importante porque tínhamos criativos jamaicanos a bordo. Tive que viajar com minha equipe jamaicana até a Colômbia. Isso foi muito grande. Quando estávamos lá, tínhamos talentos jamaicanos, produção jamaicana, povo jamaicano – mesmo quando estivemos na Colômbia, ainda era uma homenagem à Jamaica porque a produção do set era jamaicana. Tudo era Jamaica. Nunca experimentei nada parecido antes. É inacreditável.


    Fonte da imagem: Angello Faccini

    PS: Pessoalmente, minha música e vídeo favoritos é “Agua de Jamaica”. Qual foi o seu vídeo favorito de filmar e por quê?

    DB: Também adoro esse, mas adoro “Chocolate”. Ele fala sobre pele escura, e eu posso representar isso quando ele diz que ama mais do que chocolate. Eu definitivamente amo “Agua de Jamaica” por causa de toda a paisagem da praia e foi muito divertido [to shoot]. Foi um dia divertido e realmente tivemos uma boa química, então foi muito, muito fácil trabalhar com ele. isto [felt] como se nos conhecêssemos há muito tempo.

    PS: Falando em química, você e Maluma já eram amigos antes de trabalhar nos visuais? Como vocês se juntaram?

    DB: Não, a primeira vez que encontrei Maluma foi quando ele veio para a Jamaica e estávamos no set. Lembro-me disso claramente porque ele veio, se apresentou e eles disseram, “OK, vamos filmar agora”, e lembro que eles literalmente pegaram uma tomada e disseram: “Isso é inacreditável. Como foi que basta pegar uma e está perfeito? ” A partir daí, acho que apenas clicamos porque ele disse, “Essa garota sabe o que está fazendo.” Foi pura diversão. Quando você nos vê rindo, as pessoas ficam até perguntando: “Você está realmente contando uma piada ou é apenas atuação?” E eu tipo, “Estamos literalmente fazendo piadas. Estamos rindo.” Tudo o que eles capturaram foi natural. Eu me diverti muito.

    “[I hope it] inspira outros a fazerem o mesmo, a se conectar com diferentes pessoas de diferentes regiões, unir culturas e simplesmente fazer mágica. “

    PS: Você era fã do Maluma antes de trabalhar com ele?

    DB: Eu sabia quem ele era, mas a razão de não ser um grande fã era porque ele fala espanhol. Eu bop ao som da música dele, mas não entendi bem o que ele está dizendo porque só falo inglês. Eu estava tipo, “Oh, ele é fofo. Ele é bonito, ele canta ótimas músicas”, mas era só isso. Mas agora que realmente o conheci, sou um super fã. Acho que ele é um ícone. Ele é brilhante no que faz, e estou muito grato e honrado por ter trabalhado com ele em algo que significa muito para ele. Se você falar com ele, ele vai te dizer que este projeto não é tanto sobre a fama, é mais uma jornada espiritual. É como ele se conecta com a cultura jamaicana, como ele se conecta consigo mesmo, como ele se conecta com sua música, a arte.

    PS: Como foi trabalhar com um superstar tão grande. Você ficou impressionado – especificamente, durante aquelas cenas de beijo?

    DB: Eu estava mais nervoso nessas cenas em particular do que pasmo. No início, eu era, mas à medida que avançávamos, ele se tornou como um amigo, então era como se fôssemos um. Ao longo de todo o projeto, ele continuou me agradecendo. Ele foi muito educado, muito sincero, e sinto que fui tão importante quanto ele neste projeto. Eu sei que sou um papel importante, mas ele me fez sentir como: “Ouça, você está fazendo tudo isso se encaixar.” A cada passo do caminho, cada vez que filmávamos algo, ele dizia literalmente: “Muito obrigado. Isso é perfeição.” Ou ele apenas me ajudaria ou me ensinaria algumas gírias espanholas. Parecia que éramos amigos e apenas nos conectamos. Estou muito orgulhoso do resultado. Estou impressionado. Minhas redes sociais, todo mundo está ficando louco. Os jamaicanos estão enlouquecendo e isso é ótimo para mim porque todo mundo está tipo, “Ouça, não poderíamos ter pedido uma representação melhor.” É bom ver que uma cultura latina, um reggae e uma cultura jamaicana podem se juntar como uma só. [I hope it] inspira outros a fazerem o mesmo, a se conectar com pessoas diferentes de regiões diferentes, unir culturas e simplesmente fazer mágica.


    Fonte da imagem: Tes

    PS: Você obviamente consolidou seu status de estrela como Miss Jamaica e a segunda vice-campeã do Miss Universo de 2017, mas foi a primeira vez que trabalhou em um projeto musical como este?

    DB: Sim, foi minha primeira vez. Eu estava um pouco nervoso porque isso não era nada comum, em termos de apenas gravar um vídeo ou fazer algumas cenas. Este é um filme Então, eu estava tipo, “Oh meu Deus, espero ter isso na bolsa porque sei que vai exigir algumas habilidades de atuação.” Não tenho nenhuma experiência real nesse campo em si. Principalmente, apenas por meio da modelagem. Foi uma experiência completamente nova para mim e é algo que definitivamente sei que vou fazer novamente. Se a oportunidade surgir, farei de novo.

    PS: Com quem você gostaria de colaborar no futuro?

    DB: Eu definitivamente gostaria de colaborar com Rihanna, porque ela também é uma mulher caribenha. Eu não me importo com o que é ou sobre o que é, [if I get the opportunity to do] algo com ela, vai ser o auge para mim. Eu também gosto muito da Beyoncé. Eu gosto de mulheres fortes, então definitivamente Rihanna ou Beyoncé. [In terms of men], provavelmente seria Drake.

    PS: O que os fãs podem esperar de você em seguida?

    DB: Eu diria apenas para ficar ligado e seguir minhas redes sociais. Tudo será postado lá. Todos saberão o que estou fazendo a seguir, mas estou de mente aberta. Estou orando, estou disposta, vou continuar trabalhando. Sei que há outras coisas importantes vindo em minha direção e estou pronto para aceitá-las, executá-las e continuar fazendo meu país, minha família e eu mesmo ficarmos orgulhosos.

    Veja Bennett estrelar como a protagonista de Maluma em 7 Días En Jamaica abaixo.



    Latest Posts

    Esta base exata foi a chave para o Met Gala Glam de Billie Eilish

    A Us Weekly tem parcerias com afiliados, portanto, podemos receber uma compensação por alguns links para produtos e serviços. Ainda estamos absolutamente recuperando a...

    Ed Sheeran é sincero sobre os programas de premiação dos EUA: ‘Cheio de ressentimento e ódio’

    Ed Sheeran pesou sobre a realidade dos programas de premiação.Depois de sua aparição no 2021 MTV VMAs, o cantor de 'Bad Habits',...

    Não Perca

    Yung Bleu revela planos para retirar o “Yung” de seu nome artístico

    Como artista musical, seu nome artístico é muito importante. Poucas pessoas conseguem reformular a marca e manter o ímpeto, especialmente no cenário...

    Nicki Minaj provoca música com Tamar Braxton, Keke Wyatt e Brandy [VIDEO]

    Nicki Minaj, Tamar Braxton, Keke Wyatt, Brandy Nicki Minaj provoca música com Tamar Braxton, Keke Wyatt e Brandy Espero que você esteja...

    Atriz Kathryn Prescott atropelada por caminhão de cimento em Nova York

    Atriz Kathryn Prescott, conhecida por seu trabalho no programa de TV britânico Peles, MTV's Encontrando Carter, 24: Legado e mais, está se recuperando...

    Mantenha contato

    Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.